Oscar 2018 no SMUC! – Todas as críticas

MELHOR FILME

A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
Corra! – Pode colar, mas sem arrastar (Hugo dos Santos, o Hugo)
Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
Lady Bird: É Hora de Voar Mudança e identificação (Pedro Palácio)
Me Chame Pelo Seu Nome – A dor e o prazer de se descobrir apaixonado (Pedro Palácio)
O Destino de Uma Nação Um filme à sombra de um grande ator (Elvio Franklin)
The Post: A Guerra Secreta Quando Spielberg quase saiu de sua zona de conforto (Elvio Franklin)
Trama Fantasma Um amor terrível (João Bertonie)
Três Anúncios Para Um Crime Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)
MELHOR ATOR

Daniel Day-Lewis | Trama Fantasma – Um amor terrível (João Bertonie)
Daniel Kaluuya | Corra! – Pode colar, mas sem arrastar (Hugo dos Santos, o Hugo)
Denzel Washington | Roman J. Israel, Esq. Denzel Washington é indicado pela oitava vez ao Oscar (Fábio Moreira)
Gary Oldman | O Destino de Uma Nação – Um filme à sombra de um grande ator (Elvio Franklin)
Timothée ChalametMe Chame Pelo Seu Nome – A dor e o prazer de se descobrir apaixonado (Pedro Palácio)
MELHOR ATRIZ

Frances McDormand | Três Anúncios Para Um Crime – Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)
Margot Robbie | Eu, Tonya – Talento violentado (Pedro Palácio)
Meryl Streep | The Post: A Guerra Secreta – Quando Spielberg quase saiu de sua zona de conforto (Elvio Franklin)
Sally Hawkins | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
Saoirse Ronan | Lady Bird: É Hora de Voar – Mudança e identificação (Pedro Palácio)
MELHOR ATOR COADJUVANTE

Christopher Plummer | Todo o Dinheiro do Mundo
– Richard Jenkins | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
Sam Rockwell | Três Anúncios Para Um Crime – Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)
Willem Dafoe | Projeto Flórida Onde tudo se ilumina (Mateus Bandeira)
Woody Harrelson | Três Anúncios Para Um Crime – Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Allison JanneyEu, Tonya – Talento violentado (Pedro Palácio)
Laurie Metcalf | Lady Bird: É Hora de Voar – Mudança e identificação (Pedro Palácio)
Lesley Manville | Trama Fantasma – Um amor terrível (João Bertonie)
Mary J. Blige | Mudbound: Lágrimas Sob o Mississippi – Representatividade negra no Oscar 2018 (Elvio Franklin)
Octavia Spencer | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
MELHOR DIRETOR

Christopher Nolan | Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
Greta Gerwig | Lady Bird: É Hora de Voar – Mudança e identificação (Pedro Palácio)
Guillermo del Toro | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
Jordan Peele | Corra! – Pode colar, mas sem arrastar (Hugo dos Santos, o Hugo)
Paul Thomas Anderson | Trama Fantasma – Um amor terrível (João Bertonie)
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Guillermo del Toro e Vanessa Taylor | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
– Jordan Peele | Corra! – Pode colar, mas sem arrastar (Hugo dos Santos, o Hugo)

– Kumail Nanjiani e Emily V. Gordon | Doentes de Amor – Família acima de tudo (Mylla Fox)
– Greta Gerwig | Lady Bird: É Hora de Voar – Mudança e identificação (Pedro Palácio)
Martin McDonagh | Três Anúncios Para Um Crime – Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)

 
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO



Aaron Sorkin | A Grande Jogada – Nem Aaron Sorkin acerta sempre (Elvio Franklin)
– Scott Frank, James Mangold e Michael Green | Logan – Você não é o que fizeram de você (Mylla Fox)
James Ivory | Me Chame Pelo Seu Nome – A dor e o prazer de se descobrir apaixonado (Pedro Palácio)
– Dee Rees e Virgil Williams | Mudbound: Lágrimas Sob o Mississippi – Representatividade negra no Oscar 2018 (Elvio Franklin)
 Scott Neustadter, Michael H. Weber | O Artista do Desastre – A humanização de Tommy Wiseau (Pedro Palácio)
MELHOR FOTOGRAFIA

Dan Laustsen | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
Roger Deakins | Blade Runner 2049 – Grandioso e tocante (Elvio Franklin)
– Hoyte Van Hoytema | Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
Rachel Morrison | Mudbound: Lágrimas Sob o Mississippi – Representatividade negra no Oscar 2018 (Elvio Franklin)
Bruno Delbonnel | O Destino de Uma Nação – Um filme à sombra de um grande ator (Elvio Franklin)
MELHOR FIGURINO

A Bela e a Fera – A necessidade de se reiterar boas narrativas (Marciano Palácio)
– A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
– O Destino de Uma Nação – Um filme à sombra de um grande ator (Elvio Franklin)
– Trama Fantasma – Um amor terrível (João Bertonie)
Victoria e Abdul: O Confidente da Rainha – Humor demais, reflexões de menos (Elvio Franklin)
MELHOR EDIÇÃO

– A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
– Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
– Em Ritmo de Fuga – Trilha sonora e montagem genial com sabor de nostalgia (Larissa Andrade)
– Eu, Tonya – Talento violentado (Pedro Palácio)
– Três Anúncios Para Um Crime – Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)
MELHOR MIXAGEM DE SOM

– A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
– Blade Runner 2049 – Grandioso e tocante (Elvio Franklin)
– Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
Em Ritmo de Fuga – Trilha sonora e montagem genial com sabor de nostalgia (Larissa Andrade)
Star Wars: Os Últimos Jedi – o equilíbrio na Força (Ana Louise)
MELHOR EDIÇÃO DE SOM

– A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
– Blade Runner 2049 – Grandioso e tocante (Elvio Franklin)
– Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
– Em Ritmo de Fuga – Trilha sonora e montagem genial com sabor de nostalgia (Larissa Andrade)
– Star Wars: Os Últimos Jedi – o equilíbrio na Força (Ana Louise)
MELHORES EFEITOS VISUAIS

– Blade Runner 2049 – Grandioso e tocante (Elvio Franklin)
Guardiões da Galáxia Vol. 2 – Família e legado (Rodrigo Hilário)
Kong: A Ilha da Caveira – Só um filme de monstro? (Miguel, o Legalzão)
Planeta dos Macacos: A Guerra – Ave, César (Mylla Fox)
– Star Wars: Os Últimos Jedi – o equilíbrio na Força (Ana Louise)
MELHOR MAQUIAGEM E CABELO

Extraordinário – Otimista e emocionante (Rodrigo Hilário)
– O Destino de Uma Nação – Um filme à sombra de um grande ator (Elvio Franklin)
– Victoria e Abdul: O Confidente da Rainha – Humor demais, reflexões de menos (Elvio Franklin)
MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

– “Stand Up for Something” | Marshall – Representatividade negra no Oscar 2018 (Elvio Franklin)
– “Mystery of Love” | Me Chame Pelo Seu Nome – A dor e o prazer de se descobrir apaixonado (Pedro Palácio)
– “Mighty River” | Mudbound: Lágrimas Sob o Mississippi – Representatividade negra no Oscar 2018 (Elvio Franklin)
– “This is Me” | O Rei do Show – Um espetáculo vazio (Mateus Bandeira)
“Remember Me” | Viva: A Vida é uma Festa – Memória e afeto (Mylla Fox)
MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL

– Alexandre Desplat | A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
Hans Zimmer Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)
John Williams | Star Wars: Os Últimos Jedi – o equilíbrio na Força (Ana Louise)
Jonny Greenwood | Trama Fantasma – Um amor terrível (João Bertonie)
– Carter Burwell | Três Anúncios Para Um Crime – Entre a dor, a raiva e o riso (Elvio Franklin)
MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

– A Bela e a Fera – A necessidade de se reiterar boas narrativas (Marciano Palácio)
– A Forma da Água – A fábula de Del Toro (Thiago Sena)
– Blade Runner 2049 – Grandioso e tocante (Elvio Franklin)
Dunkirk – Um épico de guerra visceral (Jotapê Bernardes)

– O Destino de Uma Nação – Um filme à sombra de um grande ator (Elvio Franklin)

MELHOR ANIMAÇÃO

Com Amor, Van Gogh – Uma deslumbrante homenagem (Elvio Franklin)
O Poderoso Chefinho Imaturo e malsucedido (Mylla Fox)
O Touro Ferdinando – Os bovinos também amam (Levi Magalhães)
– Viva: A Vida é uma Festa – Memória e afeto (Mylla Fox)
MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Corpo e Alma – Pra que serve o amor só em pensamento? (João Bertonie)
O Insulto – A fragilidade das relações humanas (Elvio Franklin)
‘Sem Amor’ e brutalidade da indiferença (Mateus Bandeira)
The Square: A Arte da Discórdia – Um filme pode perder muito ao cruzar o Atlântico (Jayane Ribeiro)
Uma Mulher Fantástica A força de Daniela Vega (Thiago Sena)

Sobre o autor

SMUC
Sempre há mais alguma coisa a ser dita quando estamos falando do que amamos. Resenhas, artigos, listas e podcasts!