Qual é o seu segredo?

O PostSecret surgiu há um tempão com uma proposta simples: as pessoas mandariam seus segredos anonimamente em forma de cartões postais e o site publicaria as confissões.

O que era só uma forma de desabafar acabou virando um canal de ajuda e inspiração, com pessoas até dizendo que os cartões postais fizeram com que elas decidissem mudar a vida. Frank  Warren, o dono da ideia, hoje dá palestras e até lançou um livro com os melhores segredos.

Para o lançamento do livro, o PostSecret se juntou ao pessoal do maravilhoso Fifty People One Question para perguntar: qual o seu segredo?


Relacionado:

Oh, inocente Gwyneth

Ontem resolvi ver Shakespeare Apaixonado, já que eu era única pessoa no mundo que não tinha visto. Daí que, no meio do filme, a Gwyneth Paltrow descobre que ((SPOILER ALERT ahahah)) o homem com quem tinha ficado dias antes era, na verdade, casado. E solta a pérola:

“Entreguei meu prêmio por um soneto”

Sim, Gwyneth. Mas fica tranquila que hoje em dia isso é normal. Pra ser sincera, o povo tá se entregando por bem menos. E nem é para o Joseph Fiennes.

Minha terra tem palmeiras...

Minha terra tem palmeiras...

Fazendo render…

A melhor coisa que vi na internet hoje foi a matéria da Raq sobre o talvez-possível-ensaio do Léo (do Big Brother, deixo claro) na G Magazine. Essa nota aqui, ó.

A melhor parte:

“Ele tem jeito de príncipe. Pensei em algo nesse sentido, mas, conversando com ele, podemos ter outras inspirações. Se rolar mesmo, será um ensaio bem bacana e de muito bom gosto”.

Quem disse isso foi o Klifty Pugini (K-L-I-F-T-Y), editor de casting e responsável pelos ensaios de capa. Klifty, me diz: quando é que os ensaios da G Magazine não são de bom gosto???

Fim de ano tiopês

A partir de amanhã, as regras ortográficas mudam. Para comemorar, meus votos de “Boas entradas” (ui!) vêm em Tiopês:

 

“Na viraad do ano, bebam, cantem, encontrem os amics e se divirtam!!!!!!1111 Espeor qe doeszerozeronoev traag ainda mas alegrs paar caad 1… A jent merece!!!!!!1111!!!!!!1111 Até ano qe vem!!!!!!1111″

 

Já que eu tenho que parar de acentuar os ditongos átonos em palavras paroxítonas, por que não zoar tudo de vez??

 

Não entendeu porra nenhuma? Tá aqui, em português decente: “Na virada do ano, bebam, cantem, encontrem os amigos e se divirtam! Espero que 2009 traga ainda mais alegrias para cada um… A gente merece!! Até ano que vem!”

 

 

Como o Google não tem tradutor para o tiopês, usei o Tiopês Translator mesmo. 

Receita de quem entende

Durante o plantão, o Guilherme tentava me convencer a sair de noite.

Eu: Ah, tô uma velha, meu…
Ele: Tô vendo, meu…
Eu: Não sei mais o que fazer
Ele: Bom, primeiro, não use roupas de vó. Isso é fato q te deixa mais velha e cansada.
Eu (pensando): ok, não sou perigueti, mas também não sou vovózinha…
Ele: Segundo, compre um vibrador preto (os pretos são melhores, foi q eu ouvi dizer)
Eu: AHAUHAUUHAUHAUHAUHAUHAUHA

Ok, para os que não conhecem o Gui, um auxílio visual:

o mitoA piada do vibrador preto faz sentido agora?

Pense nas possibilidades

O discurso revolucionário é sempre sedutor. Pelo menos para mim. Acho que tem a ver com aquela coisa do ideal, da mudança, do novo. Mexe com as possibilidades. E nós sempre temos uma outra versão de nós mesmos guardada em algum lugar.

Hoje, eu conheci uma dessas pessoas que acreditam nas possibilidades. Enquanto ela falava (sobre como tudo deveria ser), eu me encantava. Sabe aquele sentimento de “por que não posso ser assim”? Todo mundo deveria ser assim, pelo menos um pouquinho…